18 de ago de 2007

Dinâmicas para aulas de Filosofia.

a- SUGESTÕES METODOLÓGICAS:

-Superar o pré-conceito: O Professor precisa superar preconceitos e posições pré-concebidas de política partidária, religião, opção sexual...
-dinâmica de grupo: o professor precisa ter digerido bem o texto entendendo bem seu significado para poder propor questões interessantes a partir de um texto ou problemas interessantes.
- leitura de textos literários com alguma mensagem ou problema do cotidiano do estudante (droga, namoro, sexo...).
-Teatro: organizar apresentações teatrais a partir da leitura de textos ou de situações...
-Músicas/Paródia: ouvir músicas e elaborar paródias a fim de desenvolver o espírito e a capacidade criativa.
-Reproduzir: Através de desenho, colagens, nova redação... para um texto/problema/idéia já existente
-Interpretar desenhos, charges..
-O professor precisa ter claro que A melhor técnica / dinâmica / metodologia NÃO EXISTE. O que deu um excelente resultado em alguma atividade com uma turma, pode ser infrutífero com outra. O que dá para fazer é adaptar, recriar, reciclar.

b- Para dinamizar as aulas...

Eis algumas dicas que podem ajudar qualquer professor. Mas que podem dar excelentes resultados nas aulas de filosofia e de sociologia. E, talvez, mais de filosofia que qualquer outra área. Entretanto, como qualquer outra, estas dica não podem ser absolutizadas. É necessário aproveitar o saber dos alunos e criar sempre...

1- Como dar uma boa aula de filosofia
Não existe regra.
Depende da criatividade e dos conhecimentos prévios do professor.
Um professor de filosofia não se equivale ao de português ou de matemática. Ele precisa ser leitor atento, ler muito, ter conhecimentos de várias áreas. Gostar da dúvida e não se sentir dono da verdade.
Mesmo quando os alunos tentem “coloca-lo na parede” o professor precisa manter a atitude humilde de quem sabe que não sabe, pois os alunos também possuem seus saberes.
Sendo uma disciplina sobre a qual já se formou um preconceito, sobre a qual se diz uma porção de inverdades, ao professor cabe mostrar que a maioria das opiniões sobre filosofia não corresponde à Verdade sobre Filosofia.
Uma boa dose de ironia, bom humor, descontração e capacidade de improvisar e transformar as situações cotidianas em situação problema é uma das qualidades indispensáveis para o professor de filosofia.
Utilizar textos com mensagens já implícitas ou já conhecidos podem ajudar, mas podem, também, direcionar a reflexão; ou o que é pior podem impedir que se reflita, pois a mensagem já é conhecida...

2- O melhor texto de apoio
Não existe.
Qualquer texto pode ser usado, desde que previamente tenha sido bem estudado e direcionado para o objetivo que se quer alcançar.
Fica difícil trabalhar um tema, por exemplo, de Ecologia com um texto que fala sobre Sexo. Já um texto bem pornográfico pode ser um excelente link para uma aula sobre família ou sobre adolescentes e, obviamente sobre sexualidade, prostituição...
Isso implica dizer que o problema – e a solução do problema – está na capacidade criativa do professor. Por isso a necessidade de o professor ser leitor, superar preconceitos pessoais e, o que é mais importante, superar-se.
O importante não é o texto, mas a metodologia de abordagem do texto. Trata-se de fazer questionamentos ao texto. De fazer uma espécie de análise literária do texto estudado, localizando: personagens, o que fazem, por que fazem, onde o fato narrado acontece, por que acontece, qual a mensagem do texto...

3- A melhor técnica / dinâmica / metodologia
Não existe.
O que deu um excelente resultado em alguma atividade com uma turma, pode ser infrutífero com outra. O que dá para fazer é adaptar, recriar, reciclar.
Algumas dinâmicas, ou metodologias, ou técnicas podem ajudar. Entre as inúmeras que existem e que o professor pode inventar, podem ser mencionadas:
Dinâmica de grupo (ou trabalho em grupo)
Teatro/música/paródia
Recriar um texto na forma de desenho
Debate/seminário/mesa redonda
Interpretar desenhos, charges..

4- É Fundamental
Depois de tudo isso o fundamental é que o professor crie seus próprios exercícios. Estas podem ser desenvolvidas com alguns textos. O texto, na realidade é só um pretexto, um gancho, um link para aprofundar um outro tema. Sobre esse tema o professor deve estar preparado e acolher as respostas dos alunos, sem preconceitos, ajudando a devolve questionamentos a fim de continuar as reflexões. Importa que o professor não encerre o debate, que não dê respostas prontas, mas desafie o aluno....

Prof. Neri de Paula Carneiro

16 comentários:

Anônimo disse...

Adorei, o texto de vcs foi de uma grande ajuda obrigado!!!

Joyce disse...

Adorei este texto. Muito interessatne.

Liliana disse...

Achei muito interessante e vou usar algumas de suas dinâmicas e ainda recomendarei este site. Muito bom! Não esquecerei de colocar a fonte! Parabéns!
Liliana, professora de Filosofia, RJ

Edilene disse...

Edilene
Taí...gostei
Nada de receitas prontas...

Anônimo disse...

Gostei muito desse tipo de dar aula de filosofia, caiu de cheio em minhas mãos, estava a procura de metodologias.
Márcia.

Antonia disse...

Adorei as dicas...
vai me ajudar e muito!
Gostei !!!!!!!!nada de receitas prontas !!!!!!


Antonia professora de história , geografia e filosofia

Fábio de Souza Mattos disse...

Olá, sou professor de biologia e me deram algumas aulas de filosofia para "completar carga horária". Embora seja uma área diferente à da minha formação, gosto e tenho tentado trabalhar os conteúdos de maneira que os alunos se sintam mais a vontade. Ainda preciso melhorar minha didática para que as aulas fiquem bacanas.
Mas gostei muito de seu texto! Ele é bem claro e indutivo.
Parabéns e muito obrigado!

André Marchi disse...

Mto bom o post!

Confesso que não é fácil encontrar professores de filosofia...

Tenho uma boa dica pra aqueles professores q querem divulgar sua aula e nao sabem onde... é bem facil e gratuito, no site http://www.auladeque.com.br.

Vale a pena!!!

Abraço!

Anônimo disse...

Muito bom! Parabéns... e obrigada pela dica.

raquel lages disse...

Parabéns!... e obrigada pelas dicas, pra mim foram de grande relevância.

Raquel Lages disse...

Parabéns!... e obrigada pelas dicas, pra mim foram de grande relevância.

Mara Garófalo disse...

Adoreiiii

patricio disse...

oiii eu não so um professor, mais o ano que vem quero fazer faculdade de FILOSOFIA,e olha eu amei esses textos, pois eu ja copiei esses textos no meu computador, pois daqui 5, 6 anos estarei usando-as. muito obrigado.....

Anônimo disse...

oiii eu não so um professor, mais o ano que vem quero fazer faculdade de FILOSOFIA,e olha eu amei esses textos, pois eu ja copiei esses textos no meu computador, pois daqui 5, 6 anos estarei usando-as. muito obrigado..... meu nome é Patricio... da cidade de SANTA MARIANA-PR..

Anônimo disse...

muito bom cada turma e professor é único e precisa ser olha de maneira diferente.

Anônimo disse...

muito bom cada turma e professor é único e precisa ser olha de maneira diferente.